Quem são os Aliados da Humanidade?

– Um ensinamento da Nova Mensagem –

A humanidade não está sozinha no universo, pois o universo que vocês irão encontrar é repleto de vida inteligente. Vivendo em uma região do espaço bem habitada e há muito tempo estabelecida, o seu mundo encontrará a si mesmo em uma vizinhança maior.

Dentro dessa vizinhança existem muitas nações poderosas que criaram vastas redes de negócios e de comércio que são rigorosamente governadas. A maioria das nações nessa região do espaço é dependente dessas redes para os recursos essenciais de que precisam para amparar sua tecnologia e, em alguns casos, recursos essenciais apenas para prover os requisitos básicos da vida.

O mundo, portanto, não está em alguma região remota e inexplorada do universo. A proximidade de vocês desta grande organização de vida lhes dá certas vantagens e certas desvantagens.

A sua vantagem é que guerras e conquistas são reprimidas nesta região do espaço. Elas são reprimidas para manter a ordem e para proporcionar segurança e estabilidade às grandes redes de nações e a seus comércios e negócios umas com as outras. Depois de passarem por longas eras de guerras, competição e conflitos, estas redes maiores foram estabelecidas.

Nesta região do espaço, a guerra é reprimida e a conquista aberta não é permitida. Se uma nação deseja obter vantagem e influência em outro mundo, tal como num mundo emergente como o seu, ela precisa utilizar meios mais sutis e empregar outros agentes para levar a cabo tal intervenção.

Vocês estão enfrentando um universo não-humano onde a liberdade é rara, um universo que irá lhes parecer estranho e mesmo hostil à sua presença caso vocês saiam dos limites deste sistema solar.

Nisso vocês verão que possuem poucos amigos e aliados. Mas, para a sua vantagem, existe uma rede de nações livres nesta região do espaço que não participam destas vastas redes de negócio e de comércio. Elas conseguiram, com o tempo e por meio de um grande esforço, estabelecer seu isolamento e sua liberdade para operar sem interferência externa. Pois é sempre difícil para uma nação livre existir ao redor de nações não-livres. É uma situação delicada e tem sido um desafio contínuo para aquelas raças livres, as quais vocês podem considerar serem os Aliados da Humanidade.

É importante ter esta perspectiva maior. De outro modo, vocês não entenderiam o que restringe seus potenciais aliados e por que eles não estão interferindo no mundo hoje. Através de meios secretos eles enviaram uma expedição para ficar próxima à Terra para testemunhar a Intervenção alienígena que está ocorrendo aqui – uma Intervenção praticada por raças e organizações muito inescrupulosas que buscam obter o controle do mundo e de seu povo por meios sutis e persuasivos.

Os seus Aliados estão aqui para fornecer sabedoria, orientação e a perspectiva que a humanidade irá precisar para compreender a vizinhança do espaço na qual vocês estão emergindo, e para saber quais as vantagens e desvantagens que existem. De fato, existem grandes desvantagens porque outros mundos olham para o seu mundo com inveja, e eles veem a humanidade em seu estado belicoso e dividido, destruindo a riqueza e o valor deste mundo. Isto, mais do que qualquer outra coisa, levou à Intervenção que está acontecendo hoje aqui.

A expedição deles para observar essa Intervenção e para relatar suas atividades e intenções está operando aqui sem o conhecimento dos governos das nações livres. Isso é muito importante que se entenda. Pois esses governos poderiam ser responsabilizados pelo fato de a humanidade estar obtendo benefícios destas raças livres, o que viola os acordos que as nações livres estabeleceram – acordos de não-interferência nos assuntos da Comunidade Maior.

Tal é o preço que elas tiveram que pagar para manter a Comunidade Maior fora de suas regiões e para evitar as contínuas interferências e tentativas de persuasão que as têm afligido por tanto tempo.

É por esta razão que os Aliados não irão descrever a si mesmos, nem dar seus nomes ou falar de seus mundos. Pois esta expedição está atuando para servir a humanidade em segredo, sem o conhecimento ou a aprovação de poderes maiores, mesmo sem o conhecimento e a aprovação, oficialmente falando, dos governos de suas próprias nações.

É uma situação delicada. Para compreender isto, vocês terão que realmente considerar a dificuldade de estabelecer e de manter a liberdade no meio de poderes maiores, onde a liberdade é reprimida e evitada. É um problema que a humanidade terá que enfrentar na medida em que avança, enquanto a família humana emerge na Comunidade Maior de vida inteligente.

Como é que uma raça como a de vocês manterá sua liberdade e autodeterminação em meio à presença de forças poderosas e persuasivas que procurarão enfraquecer a sua confiança, a sua unidade e a sua coragem?

Não é uma batalha com armas. Não é uma batalha de poderio militar. É uma batalha de vontade e de intenções, uma batalha que se desenrola no ambiente mental – um grande ambiente de influência onde as mentes mais poderosas podem influenciar as mais fracas, um ambiente sobre o qual a humanidade conhece muito pouco.

As nações livres nesta parte do universo buscam promover a liberdade onde quer que elas consigam. Elas olham o mundo de vocês exibindo uma grande promessa porque a espiritualidade e a religião não foram destruídas ou esquecidas aqui. Elas veem que o poder do Conhecimento, o maior poder espiritual, ainda está vivo nos indivíduos, apesar dos graves erros e das atividades insensatas da humanidade.

Os Aliados da Humanidade enviaram uma série de Relatórios ao mundo para advertir e preparar a humanidade para o seu envolvimento com a Comunidade Maior. Estes Relatórios apresentam informações que ninguém na Terra poderia criar ou saber por si próprio. Eles oferecem uma perspectiva que a humanidade presentemente não possui quanto às perspectivas do Contato e às consequências do Contato.

Os Relatórios corrigem muitas das falsas suposições e crenças desinformadas da humanidade que deixam vocês vulneráveis à manipulação e persuasão alienígena. Os próprios Relatórios encorajam a independência da humanidade no universo e a importância de não se permitir que nações alienígenas estabeleçam seus interesses aqui, criando uma dependência de tecnologias estrangeiras.

Este é um grande serviço a uma humanidade desavisada e desprevenida, que ainda crê que o universo ou é um grande espaço vazio aguardando exploração, ou que está preenchido por raças de seres benignos e éticos, os quais estão ansiosos para auxiliar a humanidade em sua busca por soluções tecnológicas e por maior poder.

Esta perspectiva ingênua e tola, é claro, significa que vocês estão desinformados e sem instrução sobre as realidades da vida além das suas fronteiras. Vocês ainda pensam que a tecnologia pode superar o poder da natureza. Os Relatórios dos Aliados da Humanidade, juntamente com a Nova Revelação de Deus à humanidade – a Nova Mensagem para a humanidade – darão a vocês um entendimento muito mais claro e correto. Vocês precisarão disso se quiserem prosseguir com sabedoria, prudência e discernimento.

Após a publicação do primeiro conjunto de Relatórios dos Aliados da Humanidade, a localização dos Aliados neste sistema solar foi descoberta, e eles foram forçados a fugir. Agora eles têm que reportar a partir de uma posição escondida muito além do seu sistema solar. No terceiro conjunto de Relatórios dos Aliados da Humanidade, eles falam sobre as realidades da vida – negócios e comércios, interações – que existem em sua vizinhança espacial, e sobre os requisitos para a liberdade que a humanidade terá que promover e apoiar se quiser manter-se autossuficiente e autodeterminada dentro de uma Comunidade Maior de vida.

É importante que vocês entendam que o Criador de toda a vida, por meio da Presença Angélica, solicitou a essas raças livres que fornecessem essa assistência à humanidade. Elas estão aqui guiadas por uma missão Divina, a expedição em si. Os governos destas nações livres alegarão não conhecerem esta expedição, pois eles têm pouquíssimo conhecimento dela. Isso está sendo guiado por uma força maior e por um conjunto maior de poderes no universo – poderes espirituais servindo ao Criador de toda a vida, buscando apoiar a liberdade onde quer que ela possa ser estabelecida.

É importante que vocês entendam também que os Aliados da Humanidade têm um débito a pagar, pois em uma época anterior eles foram servidos por uma expedição que lhes auxiliou a libertarem-se das garras da intervenção, abrindo o caminho para que eles estabelecessem sua liberdade e autonomia no universo. Agora eles possuem uma oportunidade de pagar este débito fornecendo um serviço semelhante à humanidade, enquanto vocês mesmos enfrentam uma intervenção e todos os perigos e infortúnios que ela pode trazer.

A humanidade não sabe nada sobre sua vulnerabilidade no espaço. Vocês ainda pensam que o universo está ali para serví-los, que vocês são especiais e que qualquer um que viesse aqui, viria para ajudá-los, para iluminá-los ou para salvá-los dos seus próprios erros. Tais são os equívocos de uma raça isolada que nunca precisou se adaptar às realidades da Comunidade Maior.

Portanto, um grande auxílio está sendo trazido para a humanidade – um grande auxílio fornecendo sabedoria e conhecimento que a humanidade não pode fornecer a si própria, um grande auxílio que foi motivado pela Vontade do Criador e realizado por certos indivíduos vindos de vários mundos diferentes. É uma expedição que tem sido muito perigosa para seus participantes e que tem tomado uma grande quantidade de tempo.

Assim, quando você começar a estudar os Relatórios dos Aliados da Humanidade, é importante considerar os riscos que têm se tomado para fornecer essa sabedoria e a importância imensa da sabedoria e da perspectiva que são fornecidas nesses ensinamentos.

Levem-os a sério e pensem neles profundamente. Façam suas perguntas, mas entendam que vocês estão apenas no começo de sua educação sobre a Comunidade Maior e que vocês terão que viver com determinadas questões que ainda não podem ser respondidas, construindo, na medida em que avançam, uma compreensão crescente e concisa das vantagens e desvantagens da humanidade.

Existem muitos olhos observando o mundo neste momento. Isto é parte da sua desvantagem. Porém, conquistas militares não serão buscadas aqui porque o mundo é valioso demais, e as raças alienígenas que procuram se estabelecer aqui precisam da humanidade como sua força de trabalho – uma força de trabalho complacente e disposta – pois estas raças alienígenas não podem viver neste ambiente por razões que vocês não adivinhariam.

É uma situação que deve ser compreendida corretamente, isto requer uma boa dose de informação e de perspectiva, e uma correção de muitas das ideias que são predominantes ainda hoje no mundo.

Uma pessoa foi escolhida para receber os Relatórios dos Aliados da Humanidade. Ele é a mesma pessoa que está recebendo a Nova Revelação de Deus que prepara a humanidade para a grande mudança que está chegando ao meio-ambiente do mundo e para o encontro da humanidade com a própria Comunidade Maior. Ele está sendo guiado pelo Senhor do universo através da Presença Angélica, e ele também tem sido o receptor dos Relatórios dos Aliados da Humanidade, Relatórios que foram guiados e motivados pelo Senhor do universo através da Presença Angélica.

Vocês precisam entender que isto teria de vir através de uma pessoa que foi enviada ao mundo para este propósito, para servir a este papel. Caso contrário, a mensagem seria contaminada, e certamente iria se perder caso fosse dada a mais de um indivíduo, com muitas versões e interpretações diferentes.

Levou décadas para o Mensageiro se preparar e receber a Nova Mensagem e para receber os Relatórios dos Aliados da Humanidade. Os próprios Relatórios foram recebidos em datas muito diferentes, intercalados com extensos períodos de tempo onde não ocorreu nenhum contato. Os Relatórios foram disponibilizados com a ajuda da Presença Angélica, sendo comunicados através de meios espirituais que não necessitam do uso de tecnologia, meios de comunicação que a própria Intervenção não pode interceptar ou interpretar. Novamente, isto foi feito para proteger a localização da expedição dos Aliados, bem como proteger a pureza e integridade da própria mensagem.

Nós lhes damos essa perspectiva e esse contexto para que assim vocês possam compreender o significado e a natureza das comunicações que estão sendo enviadas ao mundo hoje por aquelas nações livres que existem em sua região do espaço.

Não é algo fácil de se considerar, pois existem outras mensagens sendo enviadas ao mundo neste momento – mensagens vindas da Intervenção, falando da nobreza da presença deles aqui e da dependência da humanidade da sua orientação e sua sabedoria, falando de seres elevados e de grandes reinos e organizações, e de uma rede de riqueza e prosperidade da qual a humanidade é encorajada a se tornar parte.

Estas são as seduções e os induzimentos das nações não-livres, falando aos medos e às ambições da humanidade. Muitas pessoas têm caído sob essa persuasão. Muitos indivíduos em posições de liderança no governo, no comércio e na religião são seduzidos por tais coisas, sendo-lhes prometidos enormes poderes, tremendas riquezas e vantagens.

Dentro dos Relatórios dos Aliados da Humanidade, vocês irão escutar uma apresentação muito diferente, uma que fala à força, coragem e capacidade inerentes da humanidade. Eles aconselharão a humanidade para que não receba qualquer tecnologia vinda da Comunidade Maior, pois isto somente está sendo oferecido para desenvolver dependência – dependência dos poderes estrangeiros e das grandes redes de negócios. Uma vez que vocês se tornem dependentes dessas coisas para a sua tecnologia ou suas necessidades básicas, a sua liberdade será perdida, e vocês serão governados à distância para satisfazer as condições de interação.

É preciso muita coragem para enfrentar essas coisas, mas vocês devem enfrentá-las, pois este é o seu mundo. O seu isolamento no universo terminou. Daqui para frente, ocorrerão tentativas de persuasão e de intervenção. Os Aliados não intervirão aqui. Eles não estabelecerão bases no mundo, nem tentarão manipular a percepção humana, nem irão seduzir líderes de governos, do comércio ou da religião. Eles sabem que a humanidade precisa obter a liberdade por conta própria, sem controle ou manipulação externa.

Este é um tempo perigoso para a humanidade, pois os seus recursos estão em declínio, e o seu clima está se tornando cada vez mais instável. O meio-ambiente de vocês está se deteriorando, e um número cada vez maior de pessoas está bebendo de um poço que está encolhendo lentamente.

Este é um tempo perigoso para a humanidade, pois vocês estão vulneráveis à persuasão, à manipulação e ao engano, sabendo pouco ou nada sobre as realidades da vida no universo, ou como a sua liberdade deve ser sustentada e defendida enquanto vocês emergem nesta arena maior da vida.

Os Aliados da Humanidade não buscam relações com a humanidade, pois eles reconhecem que a humanidade não está pronta para o Contato. A humanidade ainda não possui a maturidade, a unidade ou o discernimento para diferenciar amigos de inimigos, e para compreender as complexidades da vida onde milhares de raças estão interagindo umas com as outras.

Se vocês pensarem sobre isso por um momento e imaginarem quão difícil é para se estabelecerem acordos e negociações com raças que pensam diferentemente, que possuem aparências diferentes e conceitos diferentes, histórias diferentes, prioridades diferentes, isto irá fazer com que suas negociações humanas pareçam simples e óbvias em comparação.

Esta é uma situação vasta e complicada, e vocês precisam amadurecer para participar neste universo de vida. Vocês não podem ser adolescentes, destrutivos e agressivos, pois vocês se verão sozinhos, com uma grande oposição ao redor de vocês.

Para que a humanidade seja uma raça autossuficiente e soberana, livre de governo e controle externos, então vocês deverão seguir o que os Relatórios dos Aliados da Humanidade estão lhes fornecendo. Os Aliados não virão para salvar a humanidade da intervenção através do uso da força ou de meios militares, pois isto destruiria a autonomia deles no universo, a qual eles levaram séculos para estabelecer.

Eles lhes dão a sabedoria que vocês não podem dar a si mesmos. Eles lhes dão a perspectiva que vocês não podem dar a si mesmos. Eles lhes dão a informação que vocês não podem obter por si mesmos. Agora é com a humanidade – a força da humanidade, a integridade da humanidade e a sabedoria nativa da humanidade – para lhes ensinar como neutralizar a Intervenção e como edificar sua capacidade e sua força como uma raça livre.

Isto significaria o término dos conflitos no mundo e uma cooperação entre as nações muito maior do que existe atualmente ou do que jamais existiu. E qual será o impulso para isto senão a ameaça de se enfrentar um universo onde a liberdade é rara e onde muitos estão olhando para o mundo com inveja?

Vocês ainda não perceberam o prêmio que é este mundo e por que outras nações interviriam aqui para tentar salvá-lo para si mesmas, utilizando a humanidade como um recurso em si.

É tempo de vocês crescerem e pensarem em coisas maiores – pensarem no bem-estar de seu planeta, pensarem na estabilidade de seu meio-ambiente, pensarem agora na segurança do mundo e não apenas na segurança de sua própria nação. Esta é uma grande oportunidade para a união humana, talvez a maior que vocês jamais terão, pois a necessidade é a maior que vocês jamais enfrentarão, e o desafio é o maior que vocês jamais encontraram.

É uma situação que requer coragem e objetividade, e a disposição para aprender coisas que vocês nunca aprenderam antes, e a disposição para perceber o que a humanidade aprendeu através de sua longa e difícil história com respeito às intervenções e aos perigos à liberdade e autodeterminação dos povos nativos.

Agora toda a humanidade é o povo nativo do mundo enfrentando intervenção – uma Intervenção que está aqui para usar vocês para eles, para a própria riqueza e aquisição deles.

Vocês não percebem a riqueza biológica deste mundo e os recursos que aqui existem dentro da complexa teia da vida que são procurados e valorizados em um universo de planetas estéreis.

Há muita coisa para a humanidade aprender. E é por esta razão que Deus enviou uma Nova Revelação ao mundo e solicitou aos Aliados da Humanidade que fornecessem sua sabedoria e seus conselhos para auxiliar neste grande esforço, para educar a humanidade e alertar a humanidade sobre os grandes perigos e oportunidades que existem enquanto a humanidade se encontra no limiar do espaço.

A Revelação da Nova Mensagem e a importância dos Relatórios dos Aliados da Humanidade não devem ser subestimadas. Eles representam os documentos mais importantes no mundo hoje e representam a maior das necessidades que a humanidade enfrenta, sendo ainda desconhecidos por muitos.

Você tem a sorte de receber isso. Você é abençoado por receber isso. Prossiga agora com coragem no coração, e permita a si mesmo receber a dádiva de amor do Criador de toda a vida e a garantia de que vocês têm outras raças no universo que apoiam a liberdade e a independência da humanidade. Com o tempo, vocês irão depender destas duas grandes fontes de conforto como nunca antes.

O poder e a presença do Conhecimento que vive dentro de cada pessoa é a maior inteligência dentro do indivíduo. A Nova Mensagem fala sobre esta inteligência maior e fala dirigindo-se a esta inteligência maior. É esta inteligência maior que a expedição dos Aliados da Humanidade está tentando acender e comunicar para vocês.

Ela contém os segredos da espiritualidade da humanidade e a promessa do seu destino maior no universo – um destino como povos livres e autodeterminados. Mas o destino de vocês não está garantido. O resultado é incerto. Você como indivíduo precisa ter uma grande fé no poder do Conhecimento dentro de si e dos outros para virar o jogo em favor da humanidade.

O risco à liberdade da humanidade no universo e o declínio do mundo em que vocês vivem são duas motivações excelentes para a liberdade e a união humana, para a sabedoria da humanidade e para a sua maior cooperação.

Mas estas duas realidades ameaçadoras também podem levar a humanidade para o conflito, a guerra e a privação, levando a uma certa subjugação aos poderes estrangeiros. Assim os riscos são grandes e as recompensas de se escolher corretamente são imensas, preparando o caminho a um futuro maior para a família humana.

Que esse seja o seu entendimento.