PRIMEIRO RELATÓRIO: O Universo No Qual Vocês Estão Emergindo

Nós damos saudações. Estamos muito contentes em ter essa oportunidade de falar com vocês mais uma vez e de fornecer as informações que nós estamos para transmitir. Nós entendemos que o nosso primeiro conjunto de relatórios gerou muito interesse, muitas perguntas e talvez alguma confusão também. Nós esperamos então nesse segundo volume fornecer mais insights; endereçar algumas das perguntas, caso seja possível respondê-las; e fornecer para vocês uma janela ao universo maior no qual vocês vivem, para que vocês possam ver além das fronteiras do seu próprio mundo para dentro de uma realidade de vida na Comunidade Maior. Isso é uma parte necessária da educação de vocês agora, porque o seu mundo está emergindo em uma Comunidade Maior de vida inteligente, uma Comunidade Maior no qual vocês sempre viveram.

Nós fomos enviados para fornecer um conjunto de relatórios para ajudar a preparar a humanidade para esse grande limiar. Incluídas nesses relatórios estão as nossas observações da Intervenção extraterrestre que está ocorrendo no mundo hoje, o porquê dessa Intervenção estar ocorrendo, como ela está sendo executada e como ela pode ser neutralizada para o próprio bem-estar de vocês. Isso exige que vocês aprendam sobre a vida na Comunidade Maior para que vocês possam se tornar propriamente orientados nessa nova e muito maior realidade na qual vocês estão emergindo.

A sua habilidade de reconhecer a verdade do que nós estamos prestes a transmitir é absolutamente fundamental para a sua sobrevivência, para o seu progresso, e de fato, para a preservação das próprias liberdades as quais vocês mais prezam. Porque a Comunidade Maior na qual vocês estão emergindo é talvez muito diferente do que vocês possam ter pensado antes.

Nós fomos enviados para representar os aliados da humanidade. Nós somos os representantes deles. Nós não estamos em seu mundo, mas temos observado o seu mundo a partir de um local oculto nas proximidades. Nós não viemos para nos estabelecer aqui, para construir relações com a família humana ou para estabelecer relações econômicas ou políticas com os seus governos. Ao invés disso, nós viemos com uma missão muito simples. A nossa missão é observar a Intervenção extraterrestre que está ocorrendo em seu mundo hoje e, dada a oportunidade de assim fazê-lo, fornecer a perspectiva que vocês precisarão para entender e para neutralizar essa Intervenção e para se preparar para as realidades da vida no Universo.

O nosso primeiro conjunto de relatórios forneceu uma visão geral da Intervenção, como ela está sendo executada e o que as pessoas devem vir a perceber a fim de evitar a influência, a persuasão e a reconhecer essa realidade. E contudo existem mais coisas que vocês devem aprender a respeito disso a fim de ganhar os olhos para ver e entender essas coisas por si mesmos. Embora isso possa parecer estranho e novo a vocês, não é senão mais uma demonstração da natureza, a natureza que vocês entendem e compreendem dentro do seu próprio domínio.

Quase tudo que nós estamos prestes a transmitir a vocês, e aquilo que já transmitimos, pode ser entendido a partir da sua experiência da natureza. É por isso que a Intervenção extraterrestre não é um mistério. Ela é uma demonstração da natureza. A dificuldade dela no entanto, é que ela lhes coloca em um papel diferente do qual vocês estão acostumados. Porque vocês estão acostumados a serem superiores em seu próprio mundo. Vocês estão acostumados a sentir que vocês têm a maior vantagem evolucionária dentro do seu próprio domínio. Mas dentro da Comunidade Maior, vocês não têm essa superioridade ou essa vantagem. Portanto, vocês devem alcançar uma habilidade maior e uma cooperação maior entre vocês.

Isso é tanto uma grande dificuldade como uma grande oportunidade para a sua raça, porque é talvez somente o ofuscar da Comunidade Maior e as dificuldades que irão confrontar vocês, que irão possibilitar a humanidade a se unir e a encontrar os seus pontos em comum. Resta saber se isso pode ser realizado. Mas o desafio está sobre vocês e esse desafio confronta a vida e o futuro de cada pessoa vivendo no mundo hoje.

Em um momento, isso pode parecer estranho e incompreensível, e ainda no próximo momento, você pode entender que isso é a natureza sendo executada. Vocês possuem um meio-ambiente e recursos que são muito valorizados por outros que buscam usar e ter esses recursos para eles mesmos. É o seu meio-ambiente que eles querem. É a sua ajuda que eles precisam. Eles não buscam destruir vocês mas sim que vocês virem parte do Coletivo deles em serviço a eles.

Isso precisa ser dito muitas vezes de muitas formas diferentes para que vocês ganhem um entendimento muito claro. Como temos falado, isso não é um mistério. É senão uma apresentação da sua vida na Comunidade Maior. É a realidade da natureza, que vocês mesmo podem entender. Contudo vocês estão em uma posição diferente agora, e isso requer força, discernimento e cooperação humana e um certo tipo de sobriedade a respeito do seu entendimento da natureza da vida no universo.

Nesse nosso segundo conjunto de relatórios, nós desejamos lhes dar um entendimento maior e uma visão maior de como a vida realmente é no universo ao redor de vocês. Não é meramente uma questão de perspectiva. A nossa gama de experiência nesses assuntos é muito grande entre nós. Nós temos nossas próprias perspectivas únicas, mas existem certas realidades que são óbvias para nós, porque nós estamos em uma posição de vê-las e reconhecê-las. Nós já vivemos através das oportunidades e das dificuldades dessas realidades – todas as coisas que vocês ainda tem que experimentar por si mesmos. E contudo os seus aliados de fora desejam poupar vocês dos grandes riscos que vocês enfrentam agora, os riscos de se emergir em uma Comunidade Maior. Eles desejam lhes mostrar a sua necessidade de preservar a sua liberdade e a sua integridade como uma raça, enquanto vocês passam por essa transição difícil e demorada.

Esse é o maior desafio que qualquer raça no universo jamais enfrentará, e as suas consequências serão duradouras e de longo alcance. E contudo existem grandes forças para o bem no universo, forças que trabalham em nome da liberdade individual e da integridade de toda a vida, forças que buscam nutrir e manter vivo o Conhecimento espiritual maior que reside como um potencial dentro de todos os seres sencientes. Os seus aliados representam senão uma pequena expressão dessa força maior. Porque onde quer que haja vida, existe a integridade desse Conhecimento espiritual. Não é meramente informação; é uma “Presença” viva. Nós desejamos demonstrar a realidade e o significado desse Conhecimento e porque ele é tão fundamental para o seu sucesso em curar as feridas do seu mundo e em enfrentar o maior dos desafios, que pode unir e elevar a humanidade.

O universo é repleto de vida. Mas o universo é imenso. E a vida inteligente vivendo na manifestação física está espalhada em uma grande e vasta arena. Ela está concentrada em alguns lugares mais do que em outros. Em alguns aspectos, isso se assemelha aos mapas dos seus países, onde existem grandes áreas onde muitas pessoas estão congregadas, e existem áreas onde poucas pessoas sequer vivem. Entre essas áreas de grande congregação no universo, existem rotas de comércio, grandes estradas que são muito usadas. Em áreas escassamente povoadas, existem muito poucas rotas, muitas das quais são raramente usadas, se sequer são usadas.

Nós queremos dar a vocês uma analogia da dispersão da vida inteligente nessa galáxia. Nós nunca nos aventuramos além dessa galáxia, então não podemos falar das outras possibilidades. Contudo dentro dessa galáxia apenas, existe muita diversidade de vida. Nós mesmos só vimos uma parte muito, muito pequena dela, porque a galáxia é muito grande.

O seu mundo existe em uma área de congregação, uma área que possui muitos mundos habitados. Vocês ainda não vêem isso dentro do seu próprio sistema solar, mas além do seu sistema solar, isso é certamente muito verdadeiro. Vocês não vivem em uma parte do universo escassamente populada. Vocês não moram em uma região não cartografada e desconhecida aos outros. Isso lhes dá certas desvantagens porque o seu mundo está sendo escrutinado por muitas forças poderosas. Elas estão buscando uma Intervenção agora porque a humanidade atingiu um ponto em seu desenvolvimento onde ela construiu uma infraestrutura que outras raças acreditam que podem usar para si mesmas. É por isso que a Intervenção não aconteceu em um momento anterior. Foi permitido que a humanidade descobrisse os recursos e construísse a infraestrutura primeiro. Em outras palavras, vocês fizeram o trabalho para aqueles que acreditam que serão servidos por vocês no futuro.

Portanto, vocês não vivem em uma parte distante e remota da galáxia. Isso vocês precisam entender. Viagem no espaço ocorre ao longo de certas rotas ou avenidas, assim como em seu mundo. Certas estradas são muito usadas; outras são raramente usadas. O seu mundo existe em uma área de viagem considerável, o que significa que existem muitas raças usando essas rotas para comércio e troca. Dentro dessa região, existem várias raças emergentes tais como a sua, todas sendo cuidadosamente vigiadas por outros.

Como temos falado em nossos discursos anteriores, a Comunidade Maior na qual vocês estão emergindo é um ambiente competitivo em uma escala que vocês mal podem imaginar. Comércio e competição por recursos, por alianças e por mundos que têm valor estratégico, são consideráveis. E contudo, a situação é muito mais complexa do que pode parecer a princípio. A conquista de outras terras não é tolerada em áreas muito habitadas. Devido ao ambiente competitivo, existem restrições. Regras foram estabelecidas durante um longo período de tempo a respeito de como o comércio é conduzido e quais regras e diretrizes são seguidas. A violação dessas regras traz retribuição dos adversários e competidores, e então existe um sistema de controle. Esse sistema é geralmente obedecido, mas como é tão frequentemente o caso, exceções são buscadas de muitas formas diferentes. É importante que vocês saibam que não é permitido que o seu mundo seja invadido, militarmente falando. As forças que estão intervindo em seu mundo não são forças militares fortes. Elas são grandes forças comerciais. Nós as chamamos de “Coletivos”. E vocês terão uma oportunidade nesse segundo conjunto de discursos, de aprender mais sobre a natureza e a estrutura delas.

A fim de que potências econômicas ganhem acesso ao seu mundo e ganhem controle do seu mundo, eles precisam usar meios mais sutis – meios de persuasão, meios de induzimento. Eles devem fazer parecer que vocês querem eles aqui, que vocês estão recebendo eles com prazer, que querem o que eles têm a oferecer, que buscam a assistência deles e as ofertas iniciais deles. Eles querem que vocês acreditem que precisam deles e que sem eles vocês não podem ter êxito. Dessa maneira, eles satisfazem as restrições que estão colocadas sobre eles. Dessa maneira, eles podem ganhar controle do seu mundo de acordo com as regras que foram estabelecidas.

A persuasão e o induzimento que serão colocados sobre o seu mundo são muito poderosos e muito convincentes. Muitas pessoas, por suas próprias inclinações e pela fraqueza da sua própria posição na vida, serão muito atraídas à essa persuasão. E no entanto, é apenas uma fraude. É uma sedução. Daí aparentemente com a aprovação geral da humanidade, a Intervenção pode começar e pode ser cumprida sem violar quaisquer restrições que impedem invasão, conquista, e assim por diante.

Se o seu mundo existisse em uma área muito remota ou não cartografada, uma área onde esses tipos de regras de comércio e conduta não tivessem sido estabelecidas, então uma conquista militar seria tentada, porque não haveria nada para impedí-la de acontecer. Mas aqueles que buscam tirar vantagem desse mundo não se envolvem em conquista militar. Eles não precisam. Não é a ênfase deles. Não é o propósito deles. Eles não estão organizados para fazer isso.

Eles dependem das suas fraquezas, assim como vocês devem aprender a confiar em sua força. Eles dependem da sua falta de confiança no espírito humano, assim como vocês devem aprender a confiar nesse espírito dentro de si mesmos. A presença deles contém grandes perigos para a humanidade e grandes oportunidades se a humanidade puder reagir responsavelmente e sabiamente.

Portanto, é o nosso desejo e a nossa intenção ajudar vocês nessa preparação lhes dando uma perspectiva e uma orientação para a realidade que vocês agora estão enfrentando e que vocês irão enfrentar continuamente a partir desse momento em diante. Porque não existe volta ao seu estado isolado anterior. Agora vocês precisam aprender a valorizar e a proteger a sua liberdade, a consolidar a sua liberdade e a construir a sua liberdade em um ambiente onde essa liberdade estará sob constante desafio. Somente um mundo que é forte, unido e sábio em suas relações com a Comunidade Maior pode manter a sua autonomia e permanecer livre no universo. Isso é verdade para todos os mundos, se eles existem em áreas de congregação ou se eles existem em áreas remotas que são raramente visitadas.

Isso é a natureza. O fato de outros mundos terem criado níveis maiores de tecnologia, não muda as realidades da vida. Só faz as interações entre mundos mais complicadas e frequentemente mais difíceis de se discernir. É mais fácil reconhecer uma confrontação militar do que reconhecer a intenção oculta daqueles que chegam parecendo trazer presentes, respostas e as maravilhas da tecnologia.

A humanidade não está instruída a respeito da Comunidade Maior. E é por isso que vocês estão tão vulneráveis. A humanidade está dividida entre as suas nações e as suas culturas. E é por isso que vocês estão tão vulneráveis. As suas disposições e as suas crenças religiosas não podem preparar vocês adequadamente para o que está encarando vocês agora.

Na Comunidade Maior, existem muitas raças que atingiram níveis muito altos de maturidade em seu entendimento espiritual e que atingiram um estado de liberdade que a humanidade ainda nem chegou perto de atingir. Diferentemente daqueles que estão visitando vocês, essas sociedades não se envolvem em comércio interplanetário em um grau muito alto, se sequer se envolvem. Elas não estão envolvidas em exploração. Elas não são exploradoras de recursos. Elas não buscam ganhar alianças para vantagem política e econômica, exceto em certas situações para a sua própria defesa. Elas não tiram partido de outros mundos. Elas não buscam seduzir raças jovens que estão emergindo na Comunidade Maior. Elas não se envolvem em guerras. Elas não são parte de Coletivos.

Os seus aliados, os quais nós representamos, demonstram esse estabelecimento, o estabelecimento de raças livres. Essa liberdade é muito difícil de se atingir e manter no universo. Para operar com sucesso na Comunidade Maior vocês precisam ser auto-suficientes. Vocês precisam ser unidos. E vocês precisam ser muito discretos. Vocês vêem essa qualidades demonstradas na família humana nesse momento? Elas são demonstradas dentro de vocês e em seus relacionamentos? Nós estamos transmitindo a vocês uma Sabedoria maior, uma Sabedoria que tem sido difícil de alcançar para nós, que alcançamos com um alto preço. A nossa habilidade de estar aqui para auxiliar a humanidade é uma demonstração dessa realização. Porque diferentemente daqueles que estão intervindo em seu mundo nesse momento, nós somente buscamos observar e aconselhar. Assim que as nossas transmissões estiverem completas, nós teremos que nos retirar para a nossa própria segurança. Porque nós estamos aqui sem qualquer permissão oficial de autoridades de comércio, organizações de supervisão, de nada desse tipo. Se aqueles que estão intervindo em seu mundo nos descobrissem, nós certamente iríamos perecer.

Com a apresentação do nosso primeiro conjunto de relatórios, a nossa própria segurança agora está em perigo. Aquelas raças que estão intervindo em seu mundo já começaram uma busca por nós em seu sistema solar. Portanto, nós precisamos transmitir essas informações e então nos retirar para um ponto muito distante do seu mundo, para um lugar onde nós não podemos mais observar a Intervenção diretamente. É por isso que nós precisamos dar essas informações para vocês agora. É por isso que vocês devem buscar aprendê-las e usá-las com o melhor da habilidade de vocês. Porque uma vez que nós partirmos, não poderá haver mais assistência direta a vocês.

É por isso que nós damos a esses relatórios a maior importância. É por isso que vocês devem recebê-los e reconhecê-los como tal. Nós iremos lhes fornecer o que vocês precisam saber a respeito da natureza dos Coletivos, como eles funcionam, porque eles estão aqui e o que eles estão fazendo no mundo. Nós lhes daremos uma visão geral das realidades da vida inteligente no universo e como as interações ocorrem na realidade. Nós lhes daremos uma perspectiva sobre a importância estratégica do seu mundo e onde ele se posiciona em relação a outros mundos habitados em sua proximidade. Nós também falaremos dos Poderes Espirituais que existem no universo e dentro da família humana.

O isolamento de vocês acabou. Vocês nunca o terão novamente da maneira como vocês o conheciam anteriormente. Portanto, ouçam com muito cuidado todas as coisas que nós estamos prestes a lhes contar.